Histórico

A história da Gráfica Brasil começa no ano de 1966, com a chegada à Brasília de um mineiro da Zona da Mata: Romeu José de Oliveira. Ele logo começou a trabalhar em uma gráfica, adquirindo experiência para montar seu próprio negócio. Foi assim que em 1969 nasceu a Gráfica Ronil, que depois se transformou na Gráfica Brasil.

A empresa inicialmente se instalou em um ponto comercial na Asa Sul do Plano Piloto de Brasília, transferindo-se depois para o nascente Setor de Indústrias Gráficas, em instalações que foram crescendo gradativamente até chegar a 3 mil m² de área construída.

Na década de 1990 os filhos se juntaram ao espírito empreendedor do pai, criando uma empresa familiar com forte caráter profissional. Galgando etapas, a Gráfica Brasil foi construindo um caminho de crescimento sustentado, que a levou a, em 2007, inaugurar uma nova planta industrial com 11 mil m² de área construída, no Pólo de Desenvolvimento JK. Em 2008 foram inaugurados os escritórios de atendimento nas cidades de São Paulo e Goiânia, sendo lançadas as bases para a montagem da estrutura em Belo Horizonte.

Em toda a sua história a gráfica sempre teve a coragem de investir em equipamentos de ponta, mas também sempre teve a consciência de que o equipamento sozinho, por mais moderno que seja, não faz a diferença, por isso sempre apostou pesado na capacitação profissional.

Os quase 40 anos de vida da Gráfica Brasil nem sempre foram tranquilos, pois o Brasil também passou por períodos complicados. Só de planos econômicos frustrados foram seis, balançando a estrutura das empresas. Mas a Gráfica conseguiu seguir adiante, crescendo sempre, até se tornar a empresa líder de mercado no Centro-Oeste, com os olhos voltados para o mercado nacional.